1º Orquestrando Arte – Edição Graffiti consolida sucesso

Por Antônio Filho

Em dois dias, novas descobertas para o público e para os participantes de um projeto inovador. Com total sucesso, a ONG Orquestrando a Vida encerrou, neste domingo (7), o 1º Orquestrando Arte – Edição Graffiti. No pátio da entidade, as paredes ganharam o belo colorido dos traços perfeitos da criatividade de um grupo de grafiteiros da região. As famílias que prestigiaram a festa, saborearam uma deliciosa macarronada.

No palco alternativo, Dom Américo e o pianista Maurício Fazz deram o tempero do almoço. Em seguida, a jovem cantora Sharryrha Soares trouxe sua bela voz, tocando violão e gaita. O músico Álvaro Manhães encerrou as apresentações, cantando com as crianças que estavam no evento.

– Sou um entusiasta da causa da Orquestrando a Vida, nutrindo grande admiração, respeito e gratidão ao diretor da entidade, maestro Jony William e ao diretor Artístico, maestro Luís Maurício Carneiro. Contem sempre comigo – disse Dom Américo.

No final da tarde, celulares a câmeras fotográficas registravam o resultado final do trabalho dos grafiteiros Dog Jam, Pablo, Devis, Gouk, Kane, Dy rua, Elioberto, Gás, Art, Keisy, Mr. Bod, Mv e Los.

– Foi uma iniciativa inovadora. Quando recebemos o convite de Raquel Fernandes, apostamos na ideia. Hoje, estamos comemorando o sucesso da combinação entre música clássica e graffiti. Já nos consideramos integrantes da família Orquestrando a Vida – observou o grafiteiro Kane KS, 25 anos.

A curadora do evento, Raquel Fernandes, comandou a equipe da cozinha, servindo, no sábado (6), uma deliciosa Feijoada e, no domingo (7), Macarronada, Polenta e Ragu de Legumes. Enquanto isso, nas barraquinhas, doces e salgados eram servidos por maestros, professores, pais e alunos da entidade.

Para Jony William, o êxito do evento mostrou, mais uma vez, a importância da inovação. “Inovamos e, mais uma vez, a comunidade nos abraçou, lotando o pátio, nos dois dias. Mais uma vez, muito obrigado aos amigos”, anunciou Jony William, no encerramento do evento.

O evento teve o apoio dos parceiros Águas do Paraíba, Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, Arcanjos Segurança, Centro Cultura Musical de Campos, Instituto Federal Fluminense, InterTV Planície e Projeto Enactus.

 

Fotos: Antônio Filho